Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

Moda e Beleza

by Cláudia Gusmão since 2006

A razão pela qual estão encerradas...

A razão pela qual ainda não respondi às perguntas é porque fiz um traumatismo num dedo da mão direita e agora não posso fazer quase nada com essa mão, e para responder às perguntas, embora não pareça é preciso bastante esforço pois tenho que as anotar, que pesquisar, organizar e depois escrever outra vez aqui! Eu cheguei a tentar responder mas começa-me a doer bastante a mão se estiver aqui muito tempo e por isso as perguntas estão encerradas por um tempo, até eu ter a mão em condições outra vez! Eu sei que vocês não têm culpa, mas eu também não tenho, quem me dera não ter este problema na mão até porque começam os testes e eu mal consigo escrever!!! Agradeço um pouco de compreensão da vossa parte ok? beijo

A "dieta" da felicidade

 Por vezes quando nos falam na "dieta" da felicidade, em que vemos pessoas super sorridentes nas fotos e com ar de quem nem dieta faz (sim pois consideramos isto um sacrifício) pensamos que estão a gozar connosco, mas não estão e eu tenho a prova viva disso! Experimentei e adorei!! As chaves? Muito simples... a primeira mudança de todas é eliminares alguns doces e gorduras! Comes normalmente, ninguém te impede de comer um chocolate de vez em quando, até porque este faz aumentar a quantidade da hormona da felicidade, apenas não deves exagerar| =) O que deves eliminar de vez da tua alimentação são as gorduras e os fritos, comer bastante fruta e legumes acima de tudo! Bebe muita água, iogurtes líquidos, sumos naturais... verás que passado algum tempo notarás a tua pele muito mais saudável (uma vez que as gorduras, fritos e doces a deixam num estado lastimável) e também a tua linha agradecerá! Verás os teus olhos e o teu cabelo mais brilhantes!!! Porque nos provoca esta dieta felicidade? Porque aumenta a hormona da felicidade, sentimo-nos mais bonitas, mais saudáveis... Para começar coloca um prato cheio de frutas e legumes apetecíveis e coloridos junto com um copo de sumo natural... não dá vontade de comer? Pois é... Não custa nada, o teu corpo, a tua pele e a tua mente agradecerão... irás sentir-te muito melhor contigo mesma... fala a voz da experiência!! =) Pratica um pouco de exercício, aproveita a época de saldos e renova o teu roupeiro...ousa nas maquilhagens, diverte-te com as tuas amigas e amigos...aproveita a vida, não a gastes com tristezas, apenas vivemos uma vez!!!! =)

Alimentos ricos em proteínas para uma pele tonificada

As proteínas são amigas da pele. Inclui sempre na tua alimentação diária alimentos do grupo dos lacticínios (leite, iogurte, queijo, queijo fresco, requeijão), do grupo da carne, pescado e ovos e do grupo das leguminosas (feijão, grão, ervilhas, favas). Desta forma, obterás as proteínas necessárias para assegurar uma produção suficiente de colagéneo e elastina – duas substâncias com um papel determinante na elasticidade da pele. Um consumo regular de proteínas animais e vegetais permite a manutenção e desenvolvimento dos músculos, sobretudo aliado à prática regular de actividade física.

Frutos e legumes para ter boas cores

 


Para ter as maçãs do rosto naturalmente coloridas tira partido das papaias, cenouras, alperces e mangas. Estes são os vegetais com as maiores concentrações de betacaroteno – pigmento natural, cujo consumo diário reaviva o nosso bronzeado.
Ao nível da pele, os radicais livres, provenientes da agressão dos raios UV da luz solar, aceleram o envelhecimento degradando o colagéneo e a elastina. Por esta razão, é aconselhável comer frutos e legumes em abundância (43% da alimentação diária), porque contêm uma grande variedade de antioxidantes: betacaroteno, vitamina C, polifenóis e certos oligoelementos, que neutralizam os radicais livres presentes no nosso organismo.

Água para uma pele bonita

Queres o segredo de uma pele lisa e macia? É simples, o segredo está numa hidratação adequada! E para isso, basta beber entre 1,5 L a 2 L de água por dia ou, se preferires, podes substituí-la por chá, infusões ou sumos de fruta, sem adição de açúcar. Vai bebendo líquidos durante o dia, para manter uma hidratação constante.
As células que constituem a derme (camada profunda da pele, coberta pela epiderme) encontram-se mais expostas à desidratação do que as restantes células do organismo. Se a tua pele se encontra desidratada pelo frio, vento, ou pelos ambientes sobreaquecidos, terá tendência para estriar e enrugar. A desidratação corresponde a falta de água, enquanto que a pele seca corresponde a uma falta de lípidos. Conjuga tudo isto com um bom creme e estarás perfeita. =)

5 estratégias para remodelar o corpo antes do Verão

Esculpir os braços e o peito
Os músculos dos braços são os bícepes (à frente), os trícepes (atrás), o deltóide (ombros) e o grande peitoral para o busto. Com a idade, os tecidos dos seios e trícepes acusam uma importante perda de firmeza. Para os musculares, os desportos a privilegiar são o ténis, o remo, a natação, a escalada, o badmington e a canoagem.

Exercícios para :
- os bícepes : em pé, com os braços esticados apoiados na parede, mãos espalmadas, dobra e estica os braços, mantendo as costas bem direitas. Faz 4 séries de 10 movimentos.
- os trícepes : sentada no chão, pernas flectidas, apoiando-se nas palmas das mãos com os braços dobrados para trás, eleva a bacia esticando-os. Mantém a posição por 5 segundos. Faz 3 séries de 10 movimentos.
- o peito e os ombros: segurando nas mãos pequenos halteres ou garrafas de água, de pé, com as pernas afastadas e flectidas, dobra os braços mantendo os cotovelos à altura do peito por forma a que os alteres fiquem em frente da cara. Une os cotovelos e depois afasta-os o mais possível para os lados. Faz 4 séries de 10 movimentos.

Definir a barriga e a cintura
Para o conseguir uma barriga lisa e uma cintura definida, trabalha os abdominais: os oblíquos (nos lados) e os frontais. As actividades apropriadas para esculpir estas partes do corpo são a patinagem, a marcha e a hidroginástica. O resultado, mesmo não sendo imediato, é eficaz.

Exercícios para :
- a barriga: deitada sobre as costas, pernas ligeiramente flectidas, toca nos tornozelos com os braços esticados soerguendo os ombros. Mantém por 8 segundos. Faz 3 séries de 10 movimentos.
- a cintura : coloca um bastão de cerca de 1 metro, sobre os ombros e segura-o com ambas as mãos, depois gira o tronco alternadamente para a esquerda e para a direita, sem movimentar a bacia. Faz 3 séries de 10 movimentos. Estas torções solicitam os oblíquos afinando a cintura.

Tonificar as coxas
Se é certo que as coxas se musculam rapidamente, para as por em forma é necessário fazer trabalhar todos os músculos: os quadrícepes (à frente), os adutores (interior) e os isquio-tibiais (atrás). Estes últimos, normalmente pouco solicitados, acumulam celulite e descaem com a idade. Dá prioridade a actividades como a bicicleta, a patinagem, a dança, a marcha, o jogging, a hidroginástica e a equitação.

Exercícios para :
- os quadrícepes : sentada na beira de uma cadeira, levanta uma perna bem esticada para que fique horizontal, estica a ponta do pé e depois aponta-a para ti. Faz 10 movimentos por perna.
- os adutores : sentada no chão, plantas dos pés bem assentes, apoia as mãos nos joelhos e tenta forçar a abertura das pernas 10 vezes seguidas.
- os isquio-tibiais: deitada sobre a barriga, a cabeça sobre as mãos, levanta uma perna até sentir um « travão », depois baixa-a mas sem a pousar no chão. Faz 4 séries de 5 movimentos por perna.

Redefinir as nádegas
Para conseguires nádegas firmes, é necessário trabalhares os glúteos (grandes, médios e pequenos). Os desportos mais eficazes são a dança, a patinagem, a marcha, o jogging, a hidroginástica e a equitação.

Exercícios para :
- as nádegas: deitada sobre as costas, pernas dobradas com os pés assentes no solo e braços ao longo do corpo, sube e desce a bacia sem tocar o chão, contraindo as nádegas e mantendo os ombros apoiados no chão. Faz 4 a 5 séries de 20 movimentos.
- a base das nádegas: de gatas, com os antebraços pousados no chão, estica bem uma perna de forma a que fique horizontal, eleva-a cerca de 20 centímetros e baixa-a sem tocar o solo. Faz 2 séries de 15 movimentos para cada perna.
- o topo das coxas: em pé de lado para a parede apoia-te na parede com o braço direito bem esticado mantendo o esquerdo na anca. Com a perna esquerda faz uma série de batimentos laterais, depois à frente e por último para trás, sem tocar o chão.
Faz 3 séries de 25 movimentos por perna.

Alongar a barriga das pernas e o tornozelos
Conseguir pernas e tornozelos esguios não é fácil! O volei, o volei de praia e o stretching, suscitam o alongamento do musculo, tornando-o mais esguio. Para esculpir os tornozelos, dá preferência à bicicleta.

Exercícios para :
- os gémeos : braços esticados e apoiados na parede (pés a cerca de 90 cm da parede) com as mãos espalmadas, dobra a perna direita, levanta o calcanhar e volta a apoiá-lo no solo. Faz 4 séries de 15 movimentos por perna.
- os tornozelos: sentada, costas direitas, pernas esticadas e afastadas e braços esticados ao longo da bacia, eleva um pé cerca de 3 centímetros e trabalha a flexão e extensão com a ponta do pé bem esticada. Faz 2 séries de 10 movimentos por perna.

Porque não resultam as dietas?

São muitas as pessoas que fazem dietas sem efeito a longo prazo, ou até mesmo causadoras de um ganho de peso adicional. A pessoa sofre para ficar com mais saúde? Deve existir aqui algo de estranho!

Vamos esclarecer este mistério neste artigo e as suas principais causas, para que consigas alimentar melhor o teu corpo e a tua mente sem prejudicares o teu organismo.

Se as dietas que experimentaste não resultaram, então já chega de experiências! Sem haver uma alteração do estilo de vida bem sucedida, a dieta dificilmente terá efeito a longo prazo. No entanto obter a motivação suficiente para alterares o teu estilo de vida de uma forma eficaz é o segredo de um emagrecimento saudável e permanente.

A maioria das dietas têm como base a restrição de alimentos ou mesmo de um grupo específico de alimentos, como por exemplo a restrição daqueles ricos em hidratos de carbono (arroz, massa, pão, cereais, leguminosas e até fruta). Estas medidas levam à excessiva ingestão de alimentos ricos noutros nutrientes, como proteínas ou gorduras e à deficiência de outros nutrientes deveras essenciais ao funcionamento do organismo, como vitaminas e sais minerais. As dietas tradicionais são chatas e monótonas, conseguem proporcionar uma perda de peso rápida, mas de uma forma perigosa para o organismo. A longo prazo é evidente o ganho de peso que tinha sido perdido, mas na forma de gordura, não sendo benéfico para a saúde.

Pegando no mesmo exemplo, as dietas que restringem os hidratos de carbono pecam a nível nutricional, porque precisamos de hidratos de carbono (HC) complexos (cereais integrais, massa, arroz, etc) para pensar, para ter energia e para ter uma atitude positiva, uma vez que a falta destes alimentos é responsável pela diminuição de humor no decorrer da dieta. A ausência de HC complexos reduz muito a ingestão de fibra alimentar, essencial para o funcionamento intestinal, sem ela corre-se o risco de aparecer a obstipação, dores abdominais, cansaço, irritabilidade e até dores de cabeça e depressão.

Os alimentos ricos em hidratos de carbono são responsáveis por fornecer energia ao organismo e, na falta destes, o corpo fica obrigado a degradar o seu próprio músculo para obter energia essencial às suas funções.

Quando fazes uma dieta deveras exagerada, o organismo “pensa” que vai passar fome, logo passa a ficar poupadinho e gasta menos energia. Quando passas a fazer a tua alimentação normal, o que ingerires vai ser armazenado na forma de gordura e mais dificilmente conseguirás perder peso.

O plano alimentar deve consistir numa mudança de estilo de vida dentro da possibilidade de cada pessoa, para que existam resultados a longo prazo é necessário uma alimentação rica em bons alimentos onde a variedade dita o segredo, não tens necessariamente de comer pouco, tens sim de comer bem.

Por outro lado, temos as dietas que destinam um alimento para cada dia, mas o nosso organismo é uma máquina que junta os nutrientes de vários alimentos com a finalidade de criar células e compostos essenciais, para que consigamos viver, no entanto é necessário que esses nutrientes sejam fornecidos ao mesmo tempo. Estas dietas não possibilitam a reposição de células e compostos essenciais ao seu funcionamento, sendo por isso muito prejudiciais.

O nosso organismo gasta energia, no entanto o tecido que gasta mais energia para se manter é o tecido muscular, logo deverás praticar actividade física de forma controlada e regular para obteres este aumento de gasto energético.

Não agridas mais o teu corpo, tenta ditar a paz para sempre, muda o teu estilo de vida!

A Blogger

Cláudia, estudante de dia e blogger de noite! Bem-vinda(o) ao meu cantinho!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pinterest

YouTube

Instagram

@claudiagusmao

Facebook